sábado, 14 de maio de 2011

Toca-me

Toca-me amor…
Toca-me, como só tu sabes fazer
Toca-me amor…
Compõe em mim melodias de prazer
Toca-me, com o teu bafo…
Toca-me, com o teu zelo…
Toca-me, lembrando ou esquecendo...
Que o mundo lá fora é pequeno,
Para um sorriso tão terno...
E um tocar tão ameno,
Juntos tocamos na lua,
Nos planetas mais escondidos,
No Universo não permitido…
Toca-me…amor…
Porque sem ele,
As estrelas não brilham no céu,
Nem a noite se envolve no véu,
De brilhantes e pérolas, para tocar
Toca-me amor…
Solta-te em mim, é urgente!...
E vamos brindar como quem sente
A festa da vida a pulsar…
De amor…pelo toque de amar!

Sem comentários:

Enviar um comentário