sábado, 21 de maio de 2011

Grito

Tanto…tanto…
Que te amo
E quero!
Grito…
Soluço…
Choro…
Perdidamente.
Enlouquecer…
Não, não quero!
Invento …
Que és meu…
Meu Eternamente!
Chamo-te
Meu amor…
Aperto em mim
O vazio
Do teu ser,
A minha boca
Saboreia a cor
Dos teus beijos
Com prazer,
Só os poetas
Talham saudades
Instantes…
Fantasias…
Loucas verdades.
Só os poetas,
Rasgam a alma
Parindo com destreza
Seus filhos
Chamados de poesias
Com apelido
De tristeza.
Serás minha melodia
Cantada…
Ou esquecida…
Serás eternamente
Vida!...

1 comentário:

  1. Aqui está o verdadeiro amor em poesia da melhor qualidade
    Noé Baptista

    ResponderEliminar