sábado, 14 de maio de 2011

Perdi-me

Perdi-me do meu Ser…
Não sei onde me ficou,
Procuro-o por todo o lado,
PERDI-ME DE MIM
Quem foi que o levou?
Com ele levou os meus braços
Aquele, com que faço laços
Entre o meu ser, e outro Ser.
Com eles... eu abraçava o mundo,
No meu abraço mais profundo,
No meu, mais bem-querer.
Devolvam-me o meu Ser...
Ele não resiste sem mim!
Vai perder-se de certo...
Num longo caminho sem fim,
Onde habitas Ser do meu Ser?
Volta …quero-te ainda assim.
Tudo que te dei foi amor,
Não te escondas agora de mim.
Sei que te esgotei em cansaço,
Em sonhos, em fracassos…
Mas,foi assim que soube Ser…
Volta Ser do meu Ser
Sem ti, vou perder-me de Mim!...

2 comentários: