sábado, 21 de maio de 2011

Amo Amar-te

AMO AMAR-TE
Na manhã límpida e serena
Espera-me um mar doce e calmo
Um céu prometido ….
De um azul estonteante
Quase perfeito…
Caminho num silêncio gritante
De quem tenta exorcizar
O desamor contido
A descoberto no teu olhar
Dou-me por inteiro…ao meu desejo
Infinito de possuir-te …de prazer…
Tão loucamente amo amar-te
Que impensadamente
Abracei o vento …
Abracei o céu e o mar...
Como se em ti eles vivessem
E, os pudesse em mim conter
Porque tão loucamente …
Amo…amar-te!

1 comentário:

E Por Vezes

E por vezes por vezes… Sou tão escassa que temo não me bastar E por vezes... por vezes mergulho no meu azul infinito e sing...