segunda-feira, 8 de junho de 2015

Quero-te tanto!

* * *

Como te quero que nem sei dizer o quanto...


E enquanto te espero não sei o que fazer com o tempo?

* * *

Sem comentários:

Enviar um comentário