quarta-feira, 26 de outubro de 2011

"Astro"


Teus lábios… um Astro…

Astro… em cadente

…longitude…

lábios, onde respirei…

…alentos…

bebi virtudes…

esperança…momentos….tempo…atitude…

1 comentário:

  1. O que se pode respirar e beber nos lábios de outrém...
    Poema pequenino, mas brilhante.
    Gostei.
    És sempre genial, adoro a tua poesia.
    Beijo-te.

    ResponderEliminar

E Por Vezes

E por vezes por vezes… Sou tão escassa que temo não me bastar E por vezes... por vezes mergulho no meu azul infinito e sing...