segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Gosto


Gosto de gostar …de ti…porque gosto!
Gosto de acordar… nos teus braços, o canto da madrugada…
Gosto do canto da chuva quando chega atrasada…
Gosto de ser breve, no conflito…na hora…
E forte… amante no grito…que implora…
Gosto do cheiro da erva molhada,
 Perfumando os nossos passos…em cada caminhada…
Gosto de ter medo… medo …de te perder...
Gosto de sentir-te seguro no salto…e firme no acontecer…
Gosto de ser grande, na tua verdade…
Gosto da dor que me provocas na saudade…
Gosto, que gostes… do meu gostar…
Gosto …de saber que gostas de saborear…
O quanto… gosto deste …gostar…
…Quem sabe…
Se, o amanhã arde…o desfrutar… de tanto querer… de tanto gostar…
…E reste apenas, uma vaga… saudade sem lembrar…
Que gostei …de gostar!...

Sem comentários:

Enviar um comentário