sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Deixa-me




Deixa-me amar-te…deixa-me seduzir-te…

Deixa-me amarrar-te…à arte de possuir-te…

Deixa-me brincar…com o teu corpo e ver…

Deixa-me enfeita-lo… com o meu corpo de prazer…

Deixa-me adormecer…em sono… selvagem…

Deixa-me acordar…na minha miragem…

Deixa-me voar…sonhar…cair…de mansinho…

Deixa-me morrer …presa ao teu caminho!

Deixa que eu deixe…antes de deixar!

Deixa que eu deixe …depois…deixa-me continuar!

Sem comentários:

Enviar um comentário