segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Sonhei na praia


Na praia distante deixei…um sonho afogado…

Um poema inacabado…um abraço, não abraçado…

Num pesadelo que me acordou…apressado…

Na hora que Deus marcou…Sem, sequer, me ter avisado!                             

2 comentários:

  1. E tanta coisa acontece sem aviso.
    Magnífico poema.
    Beijos, querida amiga Mel.

    ResponderEliminar
  2. gostei muito deste.

    a foto é tambem mto bela.

    beij

    ResponderEliminar