quinta-feira, 16 de junho de 2011

FILHA


Inês

Filha que nasceste do meu ser.
Carreguei-te em mim
Com tanto prazer,
Não pesavas no ventre
Com uma alma tão contente,
Que não cabe na gente.
És carne da minha carne,
És sangue do meu viver,
És filha do meu querer,
És fonte de sabedoria,
És bondade és verdade,
És, a minha alegria.
Em cada momento…
Em cada hora sem tempo
Eu não te invento …!
Porque és a verdade,
Que quero todos os dias
Os teus olhos são pérolas
Os teus lábios são rosas,
Quando sorriem para mim,
Enches o meu Mundo...
De imensa força de viver,
Porque ver-te assim saudável
É de todos o maior querer
Quero-te tanto minha filha
Princesa do meu reinado
Terás eternamente o meu amor
Serás para sempre…Filha
A razão da minha caminhada!


5 comentários:

  1. MINHA FILHA PARA MIM SERÁS SEMPRE O MEU BEBÉ!

    ResponderEliminar
  2. Minha mãe...estou sem palavras...Muito obrigada por tão lindo poema...e, acima de tudo, estou eternamente grata a Deus por existires na minha vida e ter sido privilegiada por te ter como minha mãe, amiga, companheira...enfim, adjectivos não faltariam para definir o quão imenso é o amor que nos une...Obrigada, simplesmente obrigada. Amo-te mais do que tudo nesta vida, minha pérola preciosa...<3

    ResponderEliminar
  3. Estou anónima porque não me lembro da minha password do gmail...:( Sorry mami linda....A-M-O-T-E MUITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderEliminar
  4. Esta cumplicidade de ternura e amor enternece-nos tanto. Que assim seja sempre.

    Beijinho

    ResponderEliminar