quarta-feira, 15 de junho de 2011

Amigo

Amigo és sol
Amigos, existem mesmo!
e, a eles, devemos prestar
homenagem!
Que aquece…
No frio que não
Apetece…
És poema
És melodia
És pedra que
Floresce…
Sem fantasias…
És a madrugada
Sorridente…
Em cada gesto
Indiferente,
És gente…és gente!
Não igual a tanta
Gente,
És diferente…
De quem arrefece,
A alma da gente,
Com ingratidão…
E dor…
Amigo…
Tu, trazes nas mãos,
O sol que a vida apetece.
Viver com amor!

1 comentário:

  1. Seja quem for este amigo...que privilegiado é por te ter como amiga...Beijos Mel, está lindo este poema....como todos!!!

    ResponderEliminar