terça-feira, 21 de abril de 2015

Quem és tu?

Quem és tu?...
Que me respira e inspira…Que me transpira e refresca…Que me esclarece e confunde?
Quem és tu?...
Que me prende e liberta… Que me escreve e me apaga… Que me encontra e me perde?
Quem és tu?...
Que me acalma e me descontrola…Que me lamenta e me consola… Que me beija com lábios de mar?
Quem és tu?...
Que te sinto tão grande, senão o maior
O maior sonho, que no meu corpo nasce e morre.
Quem és tu?
Como posso identificar-te?
Se o tempo é escasso para pensar
Quando nas nossas mãos a lua vem crescer
E a vida em nós se curva a rezar
Em todas as latitudes do prazer.
Quem és tu?...
E eu, quem sou eu?
Se me encontro tão perto e tão longe de mim
quando ao teu lado, a noite me faz deslembrar
que o amanhã também é p´ra viver…E sonhar!

Sem comentários:

Enviar um comentário