quarta-feira, 8 de abril de 2015

Será ?!

Não digo o que sou
 nem sou o que digo.
por vezes, até eu me surpreendo comigo.
quando penso não querer mais
agarro o não, e abraço-o
quando penso que quero,
deito tudo por água abaixo
não sou igual a ninguém
hoje reconheço
amo o que já desprezei
e detesto, o que muito amei.
não digo o que sou,
nem a muitos...
nem a poucos...
porque nenhum louco, pode entender outro louco.
O mundo é assim: Hoje por ti, amanhã por mim.
serás que entendes o que escrevo?
talvez não...
Sabes porquê?
Porque eu também não!
Não...Não sou o que digo...
Nem tão-pouco o pouco que pareço.
Será que me conheces?
Será que te conheço?

Sem comentários:

Enviar um comentário