sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Oceano


No oceano

                                                                                       do teu olhar

existem caudais

                                  de mel doirado

onde ceifo rosas sem espinhos

                                           colho abraços apertados

no oceano

                                                     do teu sorriso…bebo o brilho

que me cega de amor

                                              no oceano imenso

do teu corpo em flor

                                              navego sem rumo,

sem medo, sem dor,

                                 como pântano,

onde semeio...

simplesmente com prazer...

                                                                      Sonhos…
                                                                                                   E Flores…

Sem comentários:

Enviar um comentário

E Por Vezes

E por vezes por vezes… Sou tão escassa que temo não me bastar E por vezes... por vezes mergulho no meu azul infinito e sing...