quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Lua


Beijo a lua com olhos
                    De madrugada …

Abraço o céu com abraços
                         De vento…

Toco nas águas do mar com dedos
                    De cinza e prata…

E
No teu rosto pouso os meus lábios
                       Em chamas…

Onde
Me perco nas ondas do teu corpo
                    em lama…

Em
Impenetráveis lamas
               De violetas violadas…

Perpetuando
Minha existência…Em águas petrificadas…

2 comentários:

  1. Olá Mel
    Obrigada pela sua resposta, continuo a seguir o seu blog, gosto muito do que escreve. Quando tiver mais tempo também vou criar um, depois digo-lhe, pode ser que também aprecie.
    Pode-me informar onde e a que horas é o lançamento do seu livro?

    ResponderEliminar
  2. "Toco nas águas do mar com dedos
    De cinza e prata…
    E
    No teu rosto pouso os meus lábios
    Em chamas…
    Onde
    Me perco nas ondas do teu corpo"
    Mel, adorei o teu poema.
    Parabéns pelo talento poético que as tuas palavras revelam. És genial, minha amiga querida.
    Beijos.

    ResponderEliminar