terça-feira, 12 de maio de 2015

Dissertação


O fogo pega onde houver estopa.
a água passa se tiver caminho
a fome engana-se com sopa
o amor dura se tiver carinho
e
tudo passa
tudo pega
tudo tem graça
tudo avança
tudo abunda
tudo falta
mas
que nunca falte ao poeta
motivos para escrever
pois se isso lhe faltar
ele não vive... finge viver.
e
não, não há lugar para disfarce
troco uma leve mentira
por uma boa verdade
ainda que seja tarde.
e
tudo cala
tudo ri
tudo chora
e
tudo me parece
que já vi
até a madrugada
me parece, ser a que escolhi.
e
tanto posso fazer,
que já não sei se estou nua
ou se as palavras me chegam
vivas, ao fundo da minha rua
eu
gosto tanto delas...!
e elas tanto de mim...!
e
não me deixam um instante
pedem-me insistentes
escreve-me? Sim...!

esgotei-as agora
e deixo-as
assim
quando as leres:
podes poetisa-las como entenderes
Até podes brincar com ela
que elas não se vão ofender
...................................
...................................
...................................
...................................
e
do...................................
eu...................................
...................que seja breve
do muito.....................que aprendeu

Sem comentários:

Enviar um comentário