sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

EU

Existir…
Ou resistir?
 
Apenas depois disso.
Na sensualidade à flor da pele
 
Num zelo encerrado em desatenção
Onde desenho sonhos no vazio da razão
 
E faço rascunhos de beijos
Nos lábios do alvorecer
 
Abraço-me para não perder o mundo
Onde não me recordo viver 
 
Existo…!?
Ou resisto, em ser
Apenas depois disso.

MelAlmeida

1 comentário:

  1. Existe...
    É melhor que resistir.
    Um magnífico poema, que já tinha lido há muito mas que me esqueci de comentar.
    Mel, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar