segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Mas tu não sabes!



                                          

Amo-te! Porque não dizê-lo?!
A poesia é uma máscara
Onde me oculto
Te ocultas
Me encontro
Te encontro
Amo-te!
Sorri
Quer seja
Pela vaidade
Ou remorso
Sorri
Porque amar-te
Assim
Ainda é viver uma verdade!
Amo-te!
Quem dera que assim não fosse
Desconhecia a escuridão
E, seria livre
Como as penas no peito das aves
Amo-te
Mas tu não sabes!


2 comentários:

  1. Poetisa, amo-te inteira nas tuas palavras, porquê esconder-te?
    Um poema intenso, lacónico, mas adorável.
    Amo-te mas tu não sabes?!
    Sabes!
    R.R

    ResponderEliminar
  2. O melhor é dizer-lhe...
    Porque talvez se faça luz nessa escuridão.
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Mel, tem um bom fim de semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar